Como fazer para financiar meu imóvel e quais documentos são necessários.

07           03
O primeiro passo nesse momento e rever as finanças e começar a guardar dinheiro. No processo de conquista de um novo imóvel é necessário pagar algumas taxas. O valor é entorno de 5% o valor do imóvel. Lembrando que esse valor não contém o valor da a entrada e sim as taxas a serem pagas. Esse valor é necessário guardar pois em 10 dias é necessário dispor de todo esse montante e são taxas como o valor a ser pago pelo serviço bancário, ITBI, e Cartório para registro do Contrato de Financiamento. Para os interessados em vender um imóvel financiado só será liberado o dinheiro com o retorno do Contrato de Financiamento registrado ao Banco.
 
Outro passo importante é fazer uma primeira simulação para ver quais as possibilidades de financiamento. O site é www8.caixa.gov.br e responder todas as perguntas solicitadas. Nas respostas, procure sempre ser o mais coerente e preciso, pois depois será necessário comprovar todas as afirmações. Se ainda permanecer com dúvidas pode nos escrever que esclareceremos uma a uma, Email: contato@anaguilger.com.br ou anaguilger@anaguilger.com.br. Para pessoas que tem uma renda informal e gostariam de aumentar a renda, é necessário procurar um contador e fazer o decore desse valor por 3 meses e pagar os impostos necessários.
 
O próximo passo e não menos importante é buscar um terreno que agrade pelo local, proximidades e características e valor. Nesse momento vale a pena comprar. Se preferir, solicite uma consulta conosco que assim podemos orientá-lo da melhor forma. Nunca se esqueça de dizer para o vendedor do terreno a intensão em financiar terreno e obra. Nesse momento é bom providenciar toda a documentação necessária. Documentos pessoais do vendedor (es) e do comprador (es). Para os compradores ainda falta comprovação de renda e comprovante de estado civil e de endereço. Para os vendedores, se forem pessoa física, certidão negativa do Imóvel, comprovante de estado civil, matricula atualizada do terreno, comprovante atualizado de endereço; se for pessoa jurídica; todas as certidões negativas da empresa (Jucesp, Fgts, Fórum trabalhista). Lembrando que para a Caixa Econômica Federal é importante ter nomes limpos tanto do comprador e vendedor.
 
Com todos esses documentos em mãos é possível redigir o compromisso de compra e venda e nesse momento se parte para o próximo passo, procurar um profissional para desenvolver o projeto e um correspondente que ajudará no processo de financiamento.
 
Sugerimos que assista ao vídeo Financiamento Imobiliário, que terá mais informações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*